Principais Notícias de Concursos, Empregos e Finanças

Adicional Noturno: Conheça esse Direito Fundamental para o Trabalhador

O adicional noturno serve como compensador dos desafios do trabalho noturno

O adicional noturno é um benefício que visa compensar as peculiaridades e desafios enfrentados por quem trabalha no período noturno. Por este motivo, trouxemos tudo o que você precisa saber sobre o adicional noturno e como ele se enquadra nos direitos do trabalhador.

Nesse sentido, o período noturno geralmente é considerado entre as 22h e as 5h no Brasil. Esse valor extra é calculado sobre o valor da hora normal de trabalho e pode variar entre 20% e 40%, dependendo da convenção coletiva ou do acordo individual. O adicional noturno é destinado a todos os trabalhadores que exercem suas atividades durante o período noturno, seja em regime CLT ou como autônomo.

Além do mais, ele se torna ainda mais relevante para profissionais que atuam em áreas como saúde, segurança pública, transporte e hospedagem, onde o trabalho noturno é essencial para o funcionamento dos serviços.

O trabalho noturno apresenta alguns desafios aos profissionais, como a escuridão, a falta de movimento nas ruas e a necessidade de manter o foco durante a madrugada são apenas algumas das características desse modo de trabalho. Além disso, o relógio biológico também pode ser afetado, o que pode resultar em problemas de sono e dificuldade para se adaptar a uma rotina invertida.

Adicional Noturno: Conheça esse Direito Fundamental para o Trabalhador
Reprodução: internet

O adicional noturno serve justamente para compensar esses desafios. Ele funciona como um incentivo para quem assume essa jornada de trabalho e também serve como um reconhecimento da importância desses profissionais para a sociedade, uma vez que muitos serviços essenciais funcionam 24 horas por dia.

Como ter direito ao adicional noturno?

Quem trabalha à noite precisa saber que a legislação trabalhista garante o direito ao adicional noturno. Esse benefício é um acréscimo no salário dos trabalhadores que exercem suas atividades entre as 22h e as 5h. Todavia, existem empregadores que tentam burlar essa lei ou deixar de pagar corretamente esse adicional.

Para garantir seus direitos, é fundamental se certificar de que a empresa está enquadrada nas condições previstas pela legislação para o pagamento do adicional noturno. Em seguida, é bom se atentar se o cálculo do adicional está sendo feito corretamente, levando em consideração o percentual previsto na lei. Em caso de encontrar alguma irregularidade, o Ministério Público do Trabalho deve ser comunicado imediatamente.

Em suma, o adicional noturno é um direito trabalhista fundamental para aqueles que exercem suas atividades durante a noite. Ele tem como objetivo compensar as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores nesse período e deve ser garantido a todos os profissionais que se enquadram nessa situação.

Deixe o Seu Comentário

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais