Rio de Janeiro, quinta-feira, 24 de agosto de 2023. Por Abilene Leite – As provas discursivas em concursos públicos são elencadas muitas vezes como uma etapa classificatória e eliminatória, sendo um divisor de águas que pode fazer toda a diferença ao determinar se você será ou não aprovado. E acredite, as provas discursivas podem chegar a corresponder até a metade da pontuação total, o que é uma parcela bem significativa.

Entretanto, muitos concurseiros ainda se sentem um tanto perdidos quando se trata de se preparar para uma prova discursiva. Afinal, muitos questionamentos surgem sobre como iniciar e elaborar os textos com uma estrutura adequada para praticar, sem comprometer os estudos para as provas objetivas. Portanto, neste texto buscamos responder a essas dúvidas… Então acompanhe para descobrir dicas de como se preparar para esta avaliação.

Tipos de provas discursivas em concursos públicos

Para que a prova discursiva possa seja exigida nos concursos, é necessário que ela esteja prevista no edital de abertura na seção dedicada às fases de avaliação. Esta avalição pode aparecer em dois tipos de formatos: redação ou questão discursiva.

Leia Também:  Concurso da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo: edital sairá em breve

A redação consiste na produção de um texto discursivo argumentativo que trate sobre o tema proposto pela banca avaliadora que normalmente aborda assuntos da atualidade, baseando-se na apresentação de argumentos seguindo a estrutura com introdução, desenvolvimento e conclusão.

Já as questões discursivas são perguntas diretas sobre algum tema que se relaciona aos conhecimentos específicos do cargo. O foco está na fundamentação dos argumentos com respostas claras, objetivas e direta à pergunta realizada.

Como se preparar para as provas discursivas?

O primeiro passo é entender qual tipo de avaliação discursiva que a banca do concurso que está prestando irá exigir. Depois disso, é preciso saber quantas questões terá que responder, qual será o tempo disponível e os critérios de avaliação e o estilo de escrita esperado. Para isso, é bom que pratique questões discursivas dos concursos anteriores, porque fará com que se familiarize com o estilo de perguntas e aperfeiçoará suas habilidades de resposta.

Outro ponto importante é fazer uma pesquisa sobre os assuntos mais comuns tratados nas provas discursivas do concurso que está prestando, analisando as avaliações anteriores. Foque em assuntos relevantes para a sua área de atuação buscando informações atualizadas.

Leia Também:  Guia completo sobre como montar um cronograma de estudos para concursos

Por fim, nas provas discursivas é muito importante utilizar uma linguagem adequada e concisa, evitando ambiguidades e jargões excessivos. Além disso, é necessário que apresente argumentos consistentes e você pode fazer isso com exemplos, estatísticas e evidências relevantes para tornar sua resposta mais convincente. Treine bastante!

Lembre-se: a banca avaliará a sua capacidade de desenvolvimento do tema proposto sem fugir do assunto apresentado, o uso correto da ortografia e das normas gramaticais.

Compartilhar.
Avatar de Abilene Leite

Nascida no estado do Rio de Janeiro, encontrou no ramo de Redação a sua profissão. Apaixonada por livros, também é idealizadora e criadora de conteúdo do blog cristão feminino "Garotas fãs de Cristo" desde 2011.