Através do cadastro no CadÚnico, os brasileiros que precisam de recursos conseguem ter acesso a vários benefícios que o Governo Federal oferece. Entre eles, é possível acessar a aposentadoria por idade, principalmente para aqueles que estão em situação de vulnerabilidade financeira. Ter uma vida mais estável e com menos dificuldades é o desejado por vários cidadãos brasileiros.

CadÚnico garante acesso para benefícios sociais. Imagem de Shutterstock.
CadÚnico garante acesso para benefícios sociais. Imagem de Shutterstock.

Benefícios do CadÚnico

Para se inscrever nos programas sociais do Governo Federal é necessário ter uma renda mensal familiar de até meio salário mínimo por pessoa. Entre os benefícios, está a possibilidade de fazer a inscrição no Benefício de Prestação Continuada, que é um programa voltado para idosos acima dos 65 anos com situações financeiras vulneráveis. O BPC garante um salário mínimo mensal para esse grupo de pessoas.

O cadastro também garante o acesso do programa Bolsa Família, que oferece um valor mensal de R$ 600 reais como pagamento mínimo por família, o que garante um melhor suporte financeiro para os necessitados. Outro benefício importante é o desconto de até 65% na conta de energia elétrica por meio da Tarifa Social, o que vai aliviar os custos e melhorar a qualidade de vida da família.

Leia Também:  Tarifa Social de Energia Elétrica concede até 100% de isenção no pagamento; veja quem pode conseguir

Também existe a possibilidade de ter acesso a programas de crédito, como a isenção em taxas de concursos públicos. Além de ter a gratuidade para fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio e até mesmo pode ajudar a ter a Carteira Nacional de Habilitação Social.

Acesso ao CadÚnico

Para acessar ao Cadúnico, é importante ter um responsável pela família que conta com o CPF ou Título de Eleitor. É preciso mostrar os documentos de cada membro da família, para evitar qualquer problemas na hora de aprovar o acesso dos programas sociais. Quando todos os documentos tiverem organizados, é só ir até o Centro de Referência de Assistência Social mais próximo.

Sempre que tiver qualquer mudança no núcleo família, principalmente na situação financeira, é necessário atualizar os dados no aplicativo.

Compartilhar.

Graduada em Publicidade e Propaganda pela Faesa, atuo como Redatora e Gestora de Tráfego. Apaixonada por entretenimento, moda, negócios e viagens.