São José dos Campos (SP), terça-feira, 30 de abril de 2024, por Marcos Eduardo Carvalho – O auxílio-gás é um benefício social pago pelo Governo Federal a famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. Inclusive, é considerado um importante complemento na renda de muitas famílias.

Neste dia 30 de abril, o governo pagou a última parcela do mês para os beneficiários, no valor de R$ 102. Esse valor é baseado no preço médio do botijão de gás de 13 quilos, mais comum nas famílias brasileiras.

Até 2022, se pagava metade do valor de um botijão, mas desde aquele ano, passou também a pagar o valor integral. Assim, também ajuda as famílias que vivem em insegurança alimentar, garantindo que possam ter ao menos o gás de cozinha para fazer a comida no dia a dia.

Quando é o próximo pagamento do auxílio-gás

Auxílio-Gás: saiba quando receber a próxima parcela de R$ 102. Foto: Pixabay
Auxílio-Gás: saiba quando receber a próxima parcela de R$ 102. Foto: Pixabay

Assim como já acontece desde o início do projeto, o pagamento do auxílio-gás é feito a cada dois meses. Desta maneira, o próximo agendamento será entre os dias 17 e 30 de junho deste ano, segundo o calendário divulgado pelo Governo Federal.

Leia Também:  ID Jovem: Veja quem tem direito ao benefício em 2023

E o pagamento da parcela acontece seguindo o critério do NIS (Número de Identificação Social), que vai de 0 a 9. E, no dia 17 de junho, quem tem o NIS de final 1, é o primeiro a receber. E, quem tem o cadastro de final 0 (zero), recebe no dia 30, assim como já é em todos os meses.

No entanto, para ter direito ao auxílio-gás, os beneficiários precisar ter inscrição no CadÚnico (Cadastro Único) do governo. Isso porque é uma forma de ter o controle correto das famílias que, realmente, vivem em situação de vulnerabilidade social e precisam desse dinheiro para comprar um botijão.

Pagamento é feito de forma automática

Para ter direito ao Auxílio-Gás, além de ter a inscrição no CadÚnico, também precisa seguir alguns outros critérios técnicos. Mas, não há necessidade de nenhuma outra inscrição, já que o próprio sistema do governo identifica automaticamente.

Por exemplo, o benefício vale para quem tem renda familiar mensal de até R$ 706 (meio salário-mínimo). E isso também serve para quem recebe outros benefícios do governo, como o Bolsa Família.

Leia Também:  Programa Minha Casa, Minha Vida tem novas regras para 2024

E, quem tem os dados atualizados no CadÚnico, tem prioridade na hora de receber o auxílio-gás. A maior quantidade de membros na família também é um critério para o pagamento do benefício, que volta a ser pago em junho deste ano

Compartilhar.

Jornalista formado em 1999, atua no jornal OVALE, em São José dos Campos, e na TV Câmara, também na mesma cidade. Atualmente, também produz posts para sites como DiarioSP, Tecnotícias, Portal Atualizei e já atuou em sites como o Newsmotor e Brasil123