O novo valor do teto de juros para crédito consignado que faz parte do INSS passou a valer oficialmente para os beneficiários. Isso afeta os segurados e pensionistas de modo positivo, pois o valor foi para 1,68% em operações comuns e 2,49% ao mês para tudo que for realizado por meio do uso de cartão de crédito e também de cartão consignado.

Teto de juros do crédito consignado do INSS diminui. Imagem de freepik.
Teto de juros do crédito consignado do INSS diminui. Imagem de freepik.

Teto de Juros do INSS é atualizado

A nova mudança do valor do teto de juros é bem recente, e vai diminuir os encargos financeiros de aposentados e pensionistas. É importante saber que a taxa reduzida tem a ver com a Taxa Selic, responsável por medir juros básicos da economia brasileira. A novidade serve para aliviar o custo de crédito para os beneficiários que dependem da previdência social.

A redução de taxas tem a ver com a queda recente das taxas de juros que são cobradas todos os anos pelos bancos no país. O valor passou para 22,4%, o menor desde o mês de Novembro em 2021. Por meio das novas mudanças, o poder de compra dos aposentados pode aumentar, o que ajuda no controle das finanças sem afetar a renda mensal.

Leia Também:  Veja a nova lei do FGTS para trabalhadores demitidos

Veja como funciona o crédito consignado

A modalidade de empréstimo consignado tem as parcelas com descontos direitos na renda mensal do beneficiário, isso é relacionado com o novo valor do teto de juros. De acordo com as novas regras, o aposentado pode usar até 45% do valor do INSS, sendo que o crédito pode ser pago em até sete anos e os juros vão ser bem limitados.

Com a plataforma do Meu INSS, é possível ver qual banco tem a menor cobrança de taxa para ter um bom empréstimo com os menores valores disponíveis. Ao ver a opção de empréstimo consignado, tem como ver a lista de bancos e os juros que cada um vai aplicar para o cliente. Todos os números são sempre divulgados pelo próprio Banco Central.

Compartilhar.

Graduada em Publicidade e Propaganda pela Faesa, atuo como Redatora e Gestora de Tráfego. Apaixonada por entretenimento, moda, negócios e viagens.